>

..

Por Allyne Araújo, participação toda, e mais que, especial: Rita de Cássia..
Visitem o meu novo blog: Coffee Break ♫

escolha o idioma...

14.7.10

Regressões I

"As vezes me surpreendo quando penso no que eu era antes e no que eu poderia ter me tornado agora.
Eu não me sentia feliz, e de fato não era. Andava com pessoas que não me enxergavam, apenas pelo prazer de dizer: 
- Pelo menos pertenço a alguma coisa.
Tinha crises de rebeldia só para vê se eles (meus ditos amigos de colegial) me notavam, e de fato me notavam, quando eu não era motivo de graça e estranheza me mandavam crescer. Como se crescer fosse mesmo assim tão fácil e resumisse tudo.
E hoje eu lembro e acho graça.. Eu era uma criança no meio de tantas outras que tentavam esconder dos outros e de si mesmas quem realmente eram. Como se ser adulto significasse se vestir ou fazer coisas além..
Com 14, 15 ou 16 anos de idade o que se passa na mente de uma adolescente?
Ora, ora bem que isso poderia servir como plano de fundo para um filme ou roteiro de série de TV, e blá blá blá... E eu assistiria as historias de outras pessoas as invés das minhas, sim?!
Talvez sim, mas a cada geração o grau de burrice parece que aumenta ainda mais...
E agora eu faço (daqui a alguns meses) vinte anos de existência e termino a faculdade no máximo em um ano e meio (não que eu me sinta especial por isso, ou coisa assim, nunca) e meio que perdida (ou será amedrontada de novo) me pergunto: 
-Somos obrigados a crescer (pelos outros, pelo nossos pais, pelo sistema, trabalho, etc, etc)?
Ou escolhemos quando queremos e devemos crescer (de verdade, e isso não significa crescer na altura, mas no todo, sem necessariamente esquecer o infantil que hábita em nós? 
Ou viveremos o resto da adolescência (vida) tentando virá copias e re-copias de nós mesmos e dos outros?" Allyne Araújo


Baseado no dialogo (via msn) de Ana Seerig (Alguma coisa a mais pra ti ler) e Allyne Araújo.
Fica esse texto extremamente autobiográfico para vocês..
Beijos!!!!!!!!

8 comentários:

Ana Seerig disse...

Bom, debatemos sobre isso, tu sabe a minha opinião, não vou repeti-la aqui... Teu texto tá muito bom. Sabe, faz pouco tempo que percebi o quão idiota já fui, com essa de viver como aparece na TV ou qualquer babaquice do gênero, provavelmente é da idade, mas quando percebi e mudei, bah, as coisas pareceram ficar mais fáceis e leves.
Mas há gerações piores que a nossa. As mais novas buscam cada vez mais ser o que não são, culpa da mídia, da música, não sei, mas só espero que se manquem do que fazem e mudem, caso contrário o mundo estará perdido!

Muito bom!

Beijoo

Alline disse...

Eu me senti empurrada para a vida e as responsabilidades sem saber como agir. Eu era uma menina superprotegida que queria se libertar e esperneava, passava muito tempo ouvindo música e me perdia em meus pensamentos.
Até hoje parece que não amadureci por completo e isso nunca deve acontecer... já aceitei a situação... rsrs

Ó, acho que um pouco escolhemos quando crescer, mas na maioria das vezes somos obrigados mesmo, para assumir papéis na sociedade, para provar alguma coisa, para agradar os pais, etc.

Tudo bem contigo aí do outro lado?
Beeeeeijo, Nine querida!

Lívia Inácio disse...

Reflexões bem oportunas,Allyne!

Bjinhos***

Luna Sanchez disse...

Flor, eu acho que a gente percebe (por algum acontecimento ou por alguma atitude) que cresceu, e isso é tão bom! ^^

No meu caso, sempre quis ser "grande", sempre desejei coisas que estavam além da minha idade. Quando cheguei lá, me senti no céu!

Rs

Fica bem, amoura. Dois beijos.

ℓυηα

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Allyne,


É tão difícil essa definição de nós mesmos, mas temos que crescer, não tem jeito. Seja por bem ou na marra. A vida ensina a melhor acomodação.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca


-

Hana disse...

Oi minha linda, voltei, rsss, to sem internet, por isso sumi, deixo aki meu beijo , minha saudades do seu cantinho.
com carinho
Hana

Ana Larissa disse...

lindo texto! adorei aqui!
=*

Allyne Araújo disse...

Obrigada minhas lindas! beijooo!!!

Related Posts with Thumbnails