>

..

Por Allyne Araújo, participação toda, e mais que, especial: Rita de Cássia..
Visitem o meu novo blog: Coffee Break ♫

escolha o idioma...

9.4.10

Nascente...

Ou sobrevivente do submundo..
"Passo a noite em seu jardim, pulando cercas e ladrilhos de algum quintal perdido,
meio caminho ao meu mundo cego..
Fumo o tempo e viajo momentos de ouro atrás de estrelas e estradas escuras. Sonho em um dia vê o sol nascer...
Doses e overdoses, 
dores e adrenalina, energia que sobra..
Letras e cadernos, escoriações e meias..
Coquetéis, cds e livros raros..
Pessoas a sumir e aparecer.
 Álcool, sono e cansaço ao corromper da noite, corpos estraçalhados entre aviões que cortam o céu...
Despedaçado canil de três dias em cem.
Notas maquiavélicas de sangue escuro a escorrer pelas mãos frias.. Ao som de fúrias cicatrizadas.
E a vaga esperança de vê o sol nascer." Allyne Araújo.     





                                                                                                              









  "E agora eu esfrego os meus olhos...
Por ele ter retornado.
 Parece que os meus preconceitos é que deveriam
 ter sido queimados... Nada mudou,
mas a merda que nos assola,
 isso aumentou"..
(Pearl Jam - Off he goes)









E eu que nem sei quem são, nunca os vi, e eles que também nem sabem de mim...
Fica aqui, a eles, a minha grave indignação para um Rio em luto...
Beijos!        

8 comentários:

Ana Seerig disse...

Belo texto. E bela música.

Te digo que não conheço muito de Pearl Jam, pra não dizer nada, porque, por mais que me esforce, não consigo ouvir e me interessar por música internacional tanto quanto a nacional... Sou uma eterna estudiosa do rock nacional em especial, desde suas raízes na Jovem Guarda até os regionalismos do rock gaúcho...

Erica Vittorazzi disse...

Também tenho a esperança do sol voltar. Ele sempre volta, né!!!

Espero!!

Beijo

Anya disse...

Thanks for your visit :))))
You are welcome its only FUN :-)

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

É intenso, insano e profano a realidade que vigora em várias partes do mundo.

"Tentaram me convencer que tudo faz parte, a miséria é o equilíbrio entre os poderosos e os miseráveis"

Abraços

Luna Sanchez disse...

Ele volta, sempre volta, e, dessa vez, não será diferente.

* Obrigada pelo carinho de sempre, viu, Dona Moça? Muito querida, tu.

Dois beijos, bom domingo!

ℓυηα

Nydia Bonetti disse...

o sol está morto
mentira

amanhã ele nasce outra vez

pra morrer amanhã
outra vez

beijo, Allyne.

Valéria disse...

Seu texto foi para mim como um filtro de imagens...
mas enfim, vou parar de rasgar ceda...
parabéns...

BeijooO'

Sílvia disse...

Quando o sol voltar tudo o resto terá passado, e uma nova noite acabará por chegar. Veremos o que traz com ela.

Beijo

Related Posts with Thumbnails