>

..

Por Allyne Araújo, participação toda, e mais que, especial: Rita de Cássia..
Visitem o meu novo blog: Coffee Break ♫

escolha o idioma...

26.4.10

Meus amores em viva voz I...

"Tu és um tanto ou quanto complicada (lembra a tua mãe louca..), pervertida e mimada. O que tu queres de mim? Não tenho balas, chocolates ou refrigerantes (todos os agravantes de uma falsa felicidade..). O que eu tenho é apenas palavras (erradas?) que saem de mim em forma de sons, algumas delas já tocaram em muitos corações, outras despencaram rio abaixo... Mas não sei fazer teatro (nem brincar de falsidades..), sinto muito, mas a ti não posso mentir.. Riscarei apenas umas poucas palavras em teu muro (rosa?): Me amas até o fim? Porque eu te amo, se é isso que queres saber de mim." Allyne Araújo.
    
Em tom de quase mistério (um enigma básico a minha "filha" mais nova) deixo a vocês uma boa semana e tudo de bom sempre.... beijao!!!!!! 

7 comentários:

Sílvia disse...

Deixei um mimo para si no meu blog :)

Sílvia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sílvia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda disse...

Olá! Tudo bom? vim me despedir,sei como você gostava do Além do que se vê.eu fecharei o blog,mas prometo que continuo passando por aqui.

Luna Sanchez disse...

Eu adoro mensagens cifradas, códigos secretos, coisas que só fazem sentido naquele mundo inventado, apenas para aquelas pessoas.

É como sair nua, pela rua, sem que ninguém possa ver...rs.

Bom, né, flor?

Beijos, e obrigada pela força, tá? ^^

ℓυηα

Ana Seerig disse...

Gosto desses textos que são simples e complexos ao mesmo tempo. Dizem nada e dizem tudo. Tá ótimo!

=)

Nayara .NY disse...

O efeito nem sempre é visto! Mesmo quando despencamos ações, quem foi disse que viriam reações?

Adorei as construções desse muro riscado!

Bjos

Related Posts with Thumbnails